No final do ano passado nós  realizamos uma pesquisa para entender melhor o mercado de RH Tech, e identificar o uso de plataformas para o recrutamento e seleção de colaboradores, analisando os benefícios que a tecnologia traz ao processo e a aceitação de softwares, tanto para candidatos quanto para empresas.

Tivemos a participação de centenas de respondentes e descobrimos informações interessantes, tanto para recrutadores que desejam otimizar seus processos, quanto para pessoas que buscam uma recolocação no mercado.

Entenda como foi desenvolvida a pesquisa RH Tech trends e fique ligado nos principais resultados:

A pesquisa

A coleta de dados foi realizada do dia 1 ao dia 26 de dezembro de 2017, realizada no final do ano com o intuito de colher informações quentes e que indicassem tendências para o ano de 2018, a divulgação foi realizada nas redes sociais da Vulpi, para nossa base de contatos e também no Google Adwords.

Posteriormente fizemos uma apuração dos resultados da pesquisa e compilamos os dados em relatórios sobre o mercado de RH Tech

Principais resultados

Vamos apresentar aqui alguns dos principais resultados de nossa pesquisa de mercado com o intuito de evidenciar algumas tendências do RH na indústria 4.0:

CAC com plataformas RH Tech

Pudemos observar que o CAC (Custo de Aquisição do Candidato) quando se adota uma plataforma de recrutamento é considerado baixo pelos recrutadores em mais de 60% dos casos;

Tempo do processo de recrutamento

Quando a métrica avaliada é o tempo do processo de recrutamento e seleção com o uso de plataformas o resultado também favorece as novas tecnologias aplicadas ao RH. Isso porque em 61% dos casos o processo é concluído em até 1 mês, e quando não são utilizadas plataformas essa mesma porcentagem se aplica aos processos que duram até 6 meses.

Candidatos analisados por vaga

O número de candidatos que são analisados para que uma vaga seja preenchida também traz um dado interessante sobre as plataformas.

Enquanto com o uso de plataformas o número de candidatos por vaga é na maioria dos casos até 5, otimizando tempo através de inteligência artificial e realizando uma busca mais assertiva e encontrando pessoas que têm fit com a empresa. Já sem o uso de software, com uma análise tradicional de currículos o mínimo de candidatos analisados é 10.

Motivos para não uso de plataformas

Um dado preocupante e que mostra ainda um mercado pouco maduro e receptivo aos softwares é quando foi perguntado para quem não utiliza plataformas de recrutamento os motivos para tal. A resposta majoritária foi: “Acredito que buscas ativas são mais eficazes. Isso mostra a desinformação, uma vez que a maioria das plataformas do mercado utilizam busca ativa.

E-book

Para que você tenha acesso às informações completas de nossa pesquisa escrevemos um E-book, para saber tudo sobre o mercado de RH Tech de 2018 você pode fazer o download aqui.

No E-book detalhamos todos os resultados e fizemos uma análise geral da pesquisa, trazendo todas as principais tendências de RH Tech para 2018.

Clique aqui para fazer o download do Ebook

Gostou desse conteúdo? Curta nossa página no Facebook e acompanhe todos os nossos posts.

RECEBA GRÁTIS O E-BOOK - RHTECH


Daniel Martins

Daniel Martins

Sou técnico em Administração formado pela Escola de Formação Gerencial do SEBRAE . Gosto de expandir meus conhecimentos e aprimorar minhas habilidades sempre. Tenho experiência no mercado de startups e sou apaixonado por marketing de conteúdo!

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *