Um dos principais desafios da área de Recursos Humanos é reduzir custos em recrutamento e seleção, ao mesmo tempo em que se esforça para encontrar os melhores profissionais do mercado e realizar um bom processo de contratação para a empresa.

Os benefícios da redução de custos são muitos: além de otimizar suas ações, o RH se torna mais lucrativo para a empresa — o que gera melhores resultados. Para isso, a área pode diminuir o tempo de seus processos ou fazer alterações na maneira como os executa. Independentemente da forma escolhida, é importante dedicar tempo a essa mudança.

Com o intuito de ajudar você nessa tarefa, colocamos abaixo 8 dicas para reduzir custos em recrutamentos durante o seu processo seletivo. Confira:

1. Conheça detalhadamente a empresa em que atua

A primeira dica é fazer um bom planejamento antes de começar seu processo de recrutamento. Para isso, é fundamental conhecer bem o negócio e suas necessidades em relação aos colaboradores, sendo capaz de determinar qual o perfil do profissional que deve ser contratado.

O ideal é que, quando uma vaga surgir na empresa, tanto o RH quanto a gerência definam os motivos da contratação e as características necessárias a esse cargo. Assim, a equipe de recrutamento pode criar um bom job description — fundamental para realizar contratações certeiras.

2. Faça seleções internas para reduzir custos em recrutamentos

Com o perfil em mãos, antes de ir ao mercado buscar por candidatos, é preciso identificar se não há, dentro da própria empresa, pessoas capacitadas para a posição. Essa prática é inteligente porque reduz os custos de boa parte de um processo seletivo — como a contratação de canais de comunicação externos para divulgação de vaga e testes de fit cultural e técnico.

vaga criada pode ser divulgada pelos canais de comunicação internos da empresa, e o processo pode contar com indicação de gestores e entrevista pessoal, reduzindo o tempo para seleção e os custos totais do processo.

Além disso, esse é um método inteligente para vagas de posições altas, que necessitam de profissionais especializados — normalmente mais difíceis e custosos de encontrar no mercado.

Ao promover um desenvolvedor pleno para sênior, por exemplo, você economiza e também aumenta a satisfação dos seus colaboradores, que enxergam chances de crescimento no time.

3. Adote uma plataforma de recrutamento

Se não há um funcionário interno que possa ocupar a vaga oferecida, a busca no mercado é indispensável. Desse modo, é válido contar com a ajuda da tecnologia, utilizando uma plataforma de recrutamento que auxilie a empresa a identificar os melhores perfis e profissionais no mercado.

O ideal é buscar um ambiente focado em recrutamento, que use alguma tecnologia eficiente para otimizar o processo. Existem diferentes opções no mercado que contribuem para a automação das atividades da área.

Automatizar processos de RH é uma prática muito inteligente para reduzir custos e aumentar a eficiência de toda a operação. Essa técnica permite que o time foque mais em atividades estratégicas do que em tarefas repetitivas e burocráticas que, muitas vezes, atrasam todo o processo de seleção.

O uso de um software para automatização do RH promove muitos outros benefícios para a empresa — que são importantes para que ela siga as tendências do mercado —, criando um time com papel mais estratégico e que contribua efetivamente para bons resultados da organização.

RECEBA GRÁTIS - GUIA COMPLETO

4. Invista no recrutamento a distância

Outra dica importante para reduzir custos é usar a internet e as diversas ferramentas tecnológicas para realizar o processo recrutamento a distância, ou seja, executar total ou parcialmente as atividades de seleção.

É possível, por exemplo, aplicar testes técnicos pela internet, com o auxílio de plataformas digitais. Além de cortar os gastos de uso de sala e equipe para elaborar, aplicar e corrigir testes presenciais, o time também reduz o tempo de execução do processo, já que eles podem ser aplicados de forma remota.

Além dos testes, entrevistas técnicas e introdutórias também podem ser feitas de forma virtual, usando, por exemplo, o Skype. Essa prática reduz os custos de reservar sala e facilita o processo — uma vez que há flexibilidade para executar as entrevistas.

Além disso, essa estratégia também melhora a experiência de seleção para os candidatos, já que eles não precisam se deslocar até a empresa para realizar as atividades do processo.

5. Faça teste de fit cultural

Não se esqueça de incluir testes de fit cultural no seu processo seletivo. Esses testes auxiliam a identificar qual profissional possui características e valores alinhados aos da empresa, para que sua atuação faça sentido dentro da equipe.

Isso é importante porque profissionais sem o perfil compatível com a cultura da corporação tendem a ficar insatisfeitos na equipe, o que afeta a produtividade geral. Eles chegam querendo mostrar resultados e dar o máximo de si, mas suas estratégias e pensamentos não comungam com os que a empresa busca implantar.

Esse tipo de problema gera estresses e confrontos desnecessários, minando a produtividade da equipe e dando margem a vários outros problemas. Ademais, esses profissionais têm propensão a abandonar o cargo com facilidade, aumentando o turnover do negócio — um custo que deve ser evitado.

6. Considere a contratação de profissionais remotos

Além do recrutamento a distância, é possível considerar a contratação de profissionais remotos, ou seja, que não realizarão suas atividades dentro do ambiente corporativo, mas de suas casas. Essa é uma tendência no mercado de trabalho, principalmente para desenvolvedores e profissionais de TI que usam majoritariamente seus computadores para realizar suas tarefas.

A prática permite procurar colaboradores sem barreiras geográficas, aumentando o leque de opções para a vaga. Além disso, como ele não estará fisicamente na empresa, é possível reduzir custos com:

  • equipamentos;
  • espaço de trabalho;
  • deslocamento etc.

7. Divulgue sua marca no mercado

Empresas conhecidas no mercado investem menos em ferramentas de atração de candidatos, já que seu próprio prestígio e reconhecimento chamam a atenção dos profissionais — que se candidatam espontaneamente para trabalhar nelas.

Portanto, é fundamental investir em ações de employer branding e reconhecimento de marca, que aumentam o interesse no ambiente de trabalho da organização. Para isso, além das ações internas com o time, é preciso estar presente nas comunidades e locais onde os profissionais mais procurados estão, como grupos de discussão e eventos temáticos, por exemplo.

8. Use canais de comunicação de forma estratégica

Por fim, em vez de buscar candidatos investindo, sem estratégia, em diversos meios de comunicação, use dados e aumente a eficiência dessas atividades adotando uma ferramenta que armazene informações sobre uso dos canais de comunicação (com dados sobre possibilidades de investimento e conversão). Assim, você investe seu orçamento de maneira inteligente.

Use essas dicas para otimizar o processo de contratação na sua empresa. Lembre-se de que é necessário ter um método bem estruturado e uma visão muito clara dos candidatos adequados ao perfil cultural da empresa e das vagas em aberto. Assim, você evita, de uma vez por todas, selecionar as pessoas erradas para o seu time.

Gostou dessas estratégias para reduzir custos em recrutamentos? Então não deixe de assinar nossa newsletter para receber mais conteúdos como este!


Avatar

Fellipe Couto

Fundador da Vulpi, já ajudei diversos clientes a encontrarem os melhores desenvolvedores para suas empresas. Apaixonado por empreender e transformar o mercado de desenvolvedores através de oportunidade de carreira e reconhecimento.

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *