O mercado está em constante transformação e com isso foram surgindo algumas profissões. O recrutador tech é um exemplo disso. Pessoas especializadas no recrutamento e seleção de profissionais de tecnologia passaram a ser essenciais para as empresas.

A área de TI é uma das que mais cresce. Os programadores são fundamentais para os negócios que não querem ficar obsoletos. Eles proporcionam inovação, tarefas mais otimizadas e processos mais ágeis.

A demanda por profissionais de TI é alta. Mas não existem pessoas qualificadas nessa mesma proporção. O mercado sofre pela falta desses profissionais e isso trouxe a tona a necessidade de uma atenção maior para conseguir atrair e recrutar esses funcionários.

Assim, o recrutador tech é especialista em atrair, recrutar e selecionar esses candidatos da área de TI. Neste artigo vamos passar por algumas dicas essenciais para um recrutador tech de sucesso. Confira!

recrutador tech

Dicas para se tornar Recrutador Tech

Existem algumas características essenciais que um bom recrutador tech precisa ter para encontrar os melhores talentos de TI. A seguir reunimos as principais delas e os primeiros passos para que você as entenda e as agregue na sua carreira.

1. Conhecer stack tecnológica

O principal diferencial de um profissional de recrutamento e seleção especializado em TI é que ele deve ter noção de conceitos e cargos de tecnologia. Para fazer a seleção inicial e até mesmo para entender qual perfil procurar, é importante que o recrutador entenda o cargo e a demanda daquela vaga. Para isso, vamos passar por alguns pontos e conceitos principais.

Stack tecnológica é um aglomerado de tecnologias. Exemplos disso são as tecnologias Back end, Front end, Full stack e Mobile. Saber diferenciá los e conhecer as tecnologias específicas de cada um é interessante para um bom Recrutador de TI.

Um dev Front end é quem cria a interface da aplicação web, ele desenvolve a página que o usuário vê e interage. Se refere ao lado do cliente (client-side) da aplicação. Algumas das linguagens usadas são HTML, JavaScript e CSS.

Já o Back end desenvolve os comandos por trás da tela, que o usuário não tem acesso. É ele quem cria o código para a execução das funções do site e é responsável pelo seu desempenho. Se refere ao lado do servidor (server-side). Utiliza linguagens como PHP, Java, Python e Ruby.

Existe ainda o Desenvolvedor Full Stack, que é visto no mercado como a pessoa que atua com Front end e com Back end. Esse profissional precisa trabalhar com qualidade nas duas frentes tecnológicas, entender das diferentes linguagens de cada uma e ainda se manter atualizado com as novidades que surgem.

Além disso, temos o desenvolvedor Mobile, que é responsável pelo desenvolvimento de aplicações e sistemas para dispositivos móveis, como smartphones. Os tipos de desenvolvimento mobile se diferenciam de acordo com o sistema operacional do aparelho móvel onde ele deverá rodar, que pode ser Android, iOS ou Windows. Alguns exemplos de tecnologias são Flutter, React Native e C#.

recrutador tech

2. Entender de estratégias de R&S

Além de entender sobre conceitos de tecnologia, uma pessoa que irá recrutar profissionais, precisa conhecer estratégias de recrutamento e seleção. O primeiro passo, para garantir uma contratação que seja fit, é essencial considerar a cultura da sua empresa, quais são os valores e propósito. Os candidatos devem se encaixar com essas definições.

Outro ponto importante, é o entendimento da demanda daquela vaga. Qual será o papel desse profissional e qual é o objetivo dessa contratação. Para isso, converse com o responsável e o líder da área para bolar a sua estratégia.

A partir do momento que você entende quem é seu candidato ideal, defina a divulgação dessa vaga, como será a comunicação e quais serão os canais de distribuição. Após atrair potenciais colaboradores, chega o momento de seleção e validação.

É legal considerar testes de perfil comportamental, análise de trabalhos anteriores, buscar referências na comunidade de TI, conversas técnicas, entre outros.

3. Use a inovação a seu favor

Use tecnologia a seu favor. É interessante estar sempre atento às novidades do mercado de recrutamento e ao que as grandes empresas estão fazendo. Experimente soluções, plataformas e ferramentas. Faça testes.

Lembre-se que o mercado de TI sofre pela escassez de profissionais qualificados e os melhores programadores são disputados pelas empresas. Portanto, seu processo seletivo não pode ser desagradável e cheio de burocracias.

Entenda seu público, pense em como seria um processo seletivo interessante para ele e focado na experiência do candidato. Faça um recrutamento humanizado, criativo e otimizado. Será mesmo que é necessário um teste técnico com horas e horas para ser executado? E um monte de entrevista presencial?

Seja inovador e tecnológico. Fuja dos padrões pré estabelecidos. Pegue feedbacks de quem já participou de processos na sua empresa e teste novas soluções.

4. Seja um bom negociador

Como você já sabe, os profissionais de TI são concorridos. O candidatos recebem várias propostas de diferentes empresas e têm o poder de escolha. Muitas vezes, acontece o leilão de salário e quem oferecer mais fecha a vaga.

Para evitar essa situação, o candidato deve ver valor na sua empresa e cargo além do salário. É essencial que o recrutador consiga apresentar e transparecer para os candidatos todos os pontos fortes da empresa e qual é a sua proposta de valor.

É possível negociar uma pretensão salarial muito alta para um salário mais baixo apresentando todos os benefícios que a empresa oferece. Como comissionamento, plano de promoções, oportunidade de aprendizado e desenvolvimento, visibilidade no mercado, horários flexíveis, ambiente agradável e o que mais a sua empresa puder entregar.

A proposta de valor de uma empresa pode incluir muitas coisas, que vão além do salário fixo. Assim, tenha boas estratégias de employer branding e conheça seus pontos fortes.

5. Seja um recrutador tech resiliente

O mercado de TI muda todos os dias. Todos os dias surgem novas tecnologias e frameworks. O que está em alta hoje e é considerado uma tecnologia atrativa para produtos inovadores e para os profissionais, amanhã pode já não ser.

Os cargos são dinâmicos. E os profissionais de TI buscam trabalhar com as tecnologias que são mais interessantes, algumas acabam ficando ultrapassadas. Assim, é essencial que o recrutador de TI seja resiliente e que não se acomode. Não fique parado, busque aprender.

Seja Recrutador Tech

O recrutador tech cada vez mais está se tornando profissional indispensável para as empresas. Com esses cinco pontos que reunimos, é possível entender o papel deste profissional e até mesmo compreender se esse cargo se encaixa na sua visão de carreira.

É essencial estar sempre conectado com as novidades, saber conversar de igual para igual com profissionais de tecnologia e ficar por dentro das comunidades tech.

A Vulpi é especialista em recrutamento tech e em educação de recrutadores. Conte sempre com a gente!

Precisa de ajuda para contratar dev?


Maria Clara Moura

Maria Clara Moura

Maria Clara é Analista de Marketing na Vulpi 💜 Tem experiência em Marketing Digital, Inbound, Outbound e Produção de Conteúdo. Focada em gestão de oportunidades e atração de novos negócios.

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *