Uma das tarefas de grande responsabilidade do time de Recursos Humanos é o R&S. E por mais popular que a disciplina pareça, antes de tudo, já adiantamos que não é. Existem processos que precisam ser seguidos. Desde a abertura da vaga à avaliação individual. E são muitas etapas a serem percorridas. Sabendo disso, criamos este artigo para você e sua equipe terem sucesso nessa tarefa. Então, vamos falar tudo o que você precisa saber para conduzir um processo de Recrutamento e Seleção com sucesso. 

E, como especialistas na área, vamos dar aqui um foco maior para o mercado de tecnologia. Vamos começar?

Funil – importante para organizar o seu processo de recrutamento e seleção

Funil de Recrutamento e Seleção para profissionais de TI

Antes de mais nada, é importante entender a metodologia. O funil de recrutamento e seleção tem como objetivo ajudar o RH a visualizar o processo como um todo. Áreas como o Marketing e Vendas já fazem o uso dessa estrutura. Contudo, já dá pra notar que ela é queridinha por todos. E isso se deve à sua praticidade de análise e metrificação.

Você pode mensurar quantas pessoas visualizaram a vaga e quantas de fato se candidataram. É possível saber a taxa de sucesso do número de profissionais que passaram da triagem inicial para a etapa de entrevista. Além disso, você também pode medir o número entre finalistas e contratados. E o melhor, tudo isso sendo analisado de uma forma simplificada e muito visual. Ou seja, prático para gerenciamento e aplicação de melhorias.

Acesse este artigo para entender melhor sobre o funil de recrutamento e seleção e como aplicá-lo.

 

Dicas de como melhorar o processo de recrutamento e seleção

Com o funil que te apresentamos, agora você já sabe como analisar e entender as métricas do seu processo. Certo? No entanto, é importante que você saiba como melhorar sua metodologia.

Você pode identificar possíveis falhas, de acordo com as taxas observadas. Com esses dados, fica mais fácil criar estratégias de melhorias. Aplicar. E medir novamente.

Então, de forma geral, vamos te dar algumas dicas:

  • Fale sobre sua empresa e a vaga de forma encantadora e verdadeira;
  • Busque as pessoas nos lugares certos;
  • Valide as pessoas candidatas tecnicamente;
  • Use a validação comportamental como parte do processo.

Gostou das dicas? Para entender melhor sobre elas e a importância de cada uma, acesse este artigo.

Feedback é essencial

Repita comigo: sempre dê feedback! Mais alto: sempre dê feedback!

Dar feedback em um processo seletivo demonstra respeito às pessoas que se dedicaram à sua empresa. Se engana quem acha que está fazendo um favor aos profissionais. Muito pelo contrário. Encontrar mão de obra qualificada não é uma tarefa fácil.

Precisamos valorizar pessoas que dedicam. Das primeiras às últimas etapas, seja como for, é necessário ter o cuidado de dar retornos. 

Se você não entendeu ainda a importância do feedback. Ou não sabe como aplicá-lo em um processo de recrutamento e seleção, clique aqui. Temos um artigo com mais detalhes sobre o tema.

Porque um candidato desistiu da minha vaga?

A falta de feedback é um dos principais motivos que fazem pessoas candidatas desistirem de uma vaga. No entanto, existem outros motivos. A falta de informação é uma delas. Por isso, nas dicas de como melhorar o seu processo, ressaltamos a importância de falar sobre a empresa e sobre a oportunidade.

Outro fator é a falta de transparência. Algumas empresas até falam de si, mas não deixam claro informações importantes.

A usabilidade ruim na hora da candidatura também é apontada como motivo de desistência. Assim como outros pontos de atenção. Você sabe quais erros você está cometendo? Sabe onde pode melhorar?

Para identificar todos os motivos que podem levar um candidato a desistir da sua vaga. Ou ainda se quiser levantar pontos de melhorias, acesse nosso artigo.

Onboarding e engajamento dos profissionais

Por fim, mas não menos importante, chegamos na etapa onde o profissional fará parte da empresa. Fazer uma boa integração é parte do trabalho do RH e liderança. Reforce pontos da cultura da empresa, assim como os rituais da empresa. Fazer com que a experiência da integração seja boa, ajuda a manter a pessoa engajada desde os primeiros dias. Ou seja, é de fato a cereja do bolo!

Entenda neste artigo sobre o onboarding de profissionais de TI. 

Em conclusão, indicamos este conteúdos para dicas de como manter candidatos de TI engajados. 

 

O que achou das dicas de hoje? Como podemos te ajudar em seu processo de recrutamento e seleção? Seja para conteúdos ou processos para a sua vaga de TI, fale com a gente! Afinal, com a Vulpi você pode contar! 

É só clicar aqui e preencher nosso formulário para conversar com um dos nossos especialistas.

 


Laura da Vulpi 💜

Olá, sou publicitária, com especialidade em marketing de relacionamento e Inbound Marketing. Sou apaixonada pelo universo da tecnologia e hoje ajudo a conectar empresas com profissionais de TI. Transforming careers through Education and Technology 💜

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *