Nos últimos anos o processo de recrutamento e seleção passou por várias mudanças. Salas repletas de candidatos, dinâmicas de grupo e inúmeras entrevistas estão se tornando cada vez mais raros.

No momento onde o tempo é escasso e a exigência por qualidade é cada vez maior, a área de R&S enfrenta o grande desafio de encontrar o candidato mais adequado em um curto espaço de tempo.

Por isso é importante estruturar o processo seletivo de forma que ele seja eficiente, assertivo e principalmente focando em pessoas.

Confira 10 dicas para tornar o processo de Recrutamento e Seleção mais eficiente, respeitando os candidatos:

Conheça o requisitante

Conhecer o gestor e a equipe é o primeiro passo, o candidato ideal precisa ter valores compatíveis com a empresa, área e gestor. Lembre-se: além das competências técnicas é necessário pensar no relacionamento interpessoal.

Conheça as tarefas a serem executadas

Quando conhecemos as tarefas fica mais fácil encontrar o talento adequado, principalmente na hora de divulgar a vaga. Não é possível fazer uma triagem adequada sem os conhecimentos necessários sobre a vaga.

Divulgue a vaga

Faça a divulgação da vaga com o maior número de informações possível, principalmente local, horário de trabalho e qualquer outro ponto importante, se necessário peça para alguém da área verificar se as informações estão corretas, principalmente em vagas de TI é comum erros na descrição. Não esqueça de definir data final para receber os currículos.

Faça a triagem dos currículos

A triagem é o processo que mais demanda tempo, use as ferramentas disponíveis para fazer filtros e pré-triagens. Mas garanta uma parametrização adequada para não perder talentos. Faça esse processo com muita atenção, veja além do papel, pois é muito comum encontrar currículos mal formatados de profissionais talentosos, em caso de dúvida entre em contato por e-mail.

RECEBA GRÁTIS

Valide os currículos

Muitos requisitantes gostam de validar os currículos antes do processo, neste caso uma boa prática seria estabelecer um prazo para receber os pré-selecionados, e aproveitar para perguntar quais os critérios usados para descartar os demais candidatos, desta forma você conhecerá melhor o requisitante.

Faça a pré-entrevista

Lembre-se que a maioria das pessoas que se candidatam às vagas estão desempregadas, e a entrevista presencial implica em custo de deslocamento. Por essa razão verifique se é possível fazer uma pré-entrevista por telefone, Skype ou outras ferramentas online.

Não se esqueça da entrevista presencial

Veja a possibilidade de casar a agenda de entrevistas com o gestor, desta forma o processo será realizado no mesmo dia, o que vai economizar seu tempo e o do candidato. Informe ao candidato o tempo médio do processo, desta forma ele pode se programar.

Durante a entrevista…

Faça a entrevista com respeito, os candidatos geralmente estão nervosos, preocupados e até desesperados. Quebrar o gelo é o papel do recrutador. Quando a entrevista se torna natural o candidato fica mais tranquilo, mais aberto e verdadeiro, e isso facilita a seleção.

Seja Verdadeiro

Seja verdadeiro no processo seletivo, lembre-se que a escolha também é do candidato e por isso ele precisa ter a chance de conhecer a empresa e os desafios da oportunidade, não venda uma empresa que não existe.

Finalização

Após as entrevistas, sente com o gestor para definir o candidato mais adequado. É preciso dar  uma devolutiva para os candidatos que não foram aprovados, não espere muito tempo para dar esse feedback, é angustiante não saber o resultado de um processo.

Aproveite as inúmeras ferramentas que podem otimizar o processo seletivo,  o foco principal são as pessoas, por isso conduza o processo com muito respeito. Afinal a seleção é o primeiro contato que o colaborador terá com a empresa.

E aí, gostou desse conteúdo sobre como tornar um processo de recrutamento e seleção mais eficiente? Siga a nossa página no Facebook e assine a nossa newsletter para receber em primeira mão as atualizações do blog.


Edlaine Pontes

Formanda em Psicologia, com Pós Graduação em Modelo de Gestão Estratégica de Pessoas pela FIA, experiência em Recursos Humanos, com foco em Treinamento e Desenvolvimento, Departamento Pessoal e Recrutamento e Seleção.

1 comentário

luceliaferreiradesousa · 29 de janeiro de 2020 às 01:24

olá, sou empreendedora vejo um cargo melhor que o outro.Mas ainda há o que melhorar.o empreendorismo precisa ser mais valorizado. Nossa sociedade precisa sair do campo de batalha ruim, a falta de emprego.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *