Muitos dos processos de gestão de pessoas de uma empresa estão relacionados à busca constante por um ambiente favorável à execução das atividades e pela garantia do bem estar de seus colaboradores. Mas como é possível identificar problemas no ambiente organizacional? Como investigar o nível de satisfação dos funcionários? Há uma ferramenta que permita medir esses fatores?

Há, sim! A pesquisa de clima organizacional pode ser uma ótima maneira de entender como os colaboradores enxergam o ambiente de trabalho em que estão inseridos. E os resultados obtidos nessa consulta podem ajudar a melhorar cada vez mais o desempenho de um membro e sua convivência na empresa. Quer entender mais sobre o assunto? Leia este post e fique por dentro dessa técnica!

No que consiste a pesquisa de clima organizacional?

A pesquisa de clima organizacional nada mais é do que uma ferramenta de gestão estratégica que permite investigar o nível de satisfação e motivação dos colaboradores. Por meio dela, é possível compreender a percepção deles sobre como a empresa os valoriza, observando quais são os esforços despendidos para manter um ambiente agradável.

Esse tipo de pesquisa permite ao setor de recursos humanos obter dados concretos no que se refere à satisfação dos funcionários, às políticas de RH, comunicação interna, entre outros fatores.

Como identificar a necessidade de aplicar esse tipo de pesquisa?

A resposta a essa pergunta não é definitiva, pois não há um momento certo para a aplicação de uma pesquisa de clima. O importante é entender que ela deve ser realizada periodicamente, considerando principalmente as taxas de turnover da empresa.

Ela se torna ainda mais importante quando a gestão de RH da empresa entende que há algo de errado, seja na relação entre os colaboradores, seja na falta de crescimento da organização. Um fator influencia no outro e, por isso, é importante encontrar formas de manter um bom clima interno.

Quais benefícios ela pode oferecer a uma empresa?

Uma pesquisa de clima é capaz de dar um diagnóstico realista que aponte aos gestores de RH de uma organização como os funcionários se sentem e o que os incomoda no ambiente de trabalho.

Apesar de não identificar exatamente a origem dos problemas, a pesquisa é capaz de indicar pontos que devem ser trabalhados e melhorados por meio de ações estratégicas. Com ela, é possível não só apontar problemas, como também identificar tendências futuras na empresa.

RECEBA GRÁTIS O E-BOOK - RHTECH

Como aplicar esse tipo de pesquisa?

A aplicação de questionários para os colaboradores da organização é a melhor forma de identificar problemas e tendências. Normalmente, o processo de aplicação desses questionários seguem algumas etapas, são elas:

Preparação

Aqui, busca-se identificar um problema específico para que seja feita uma investigação mais profunda em torno dele. Não se deve esquecer, porém, de observar outras questões relevantes.

Planejamento e escolha da metodologia

Nessa fase, o questionário é elaborado e é definida a maneira como ele será aplicado entre os colaboradores da empresa. Define-se então os tipos de questionário, os métodos pelos quais as respostas serão avaliadas, como os dados estatísticos serão tratados e quais instrumentos serão utilizados na avaliação.

Execução

Durante esta etapa, há a aplicação dos questionários, que são direcionados a todos os funcionários da organização.

Análise

Após o recebimento das respostas dos colaboradores, é realizada uma análise e interpretação dos resultados, buscando identificar o que eles dizem sobre aquele ambiente empresarial.

Conclusão

O processo de análise permite então tirar conclusões acerca dos resultados e, por meio de um relatório final, será possível mostrar o problema detectado, bem como definir medidas estratégias que busquem solucioná-lo.

O que fazer com os resultados obtidos?

Apesar de, à primeira vista, parecer um processo trabalhoso, a pesquisa de clima organizacional facilita muito a gestão de pessoas. Isso porque somente depois de identificar os problemas que afetam a satisfação e a motivação dos colaboradores, é possível agir estrategicamente para reverter a situação.

Mas não se esqueça: a fim de demonstrar aos membros da equipe a efetividade desse processo, é importante dar a eles um feedback sobre os resultados obtidos. Certifique-se também de evidenciar que nada foi em vão: deixe-os cientes das mudanças promovidas após a conclusão da pesquisa.

Quer aprender mais sobre outras maneiras de medir o nível de satisfação dos membros de uma empresa? Conheça nesse post a metodologia E-NPS de análise de satisfação dos seus funcionários.


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *