A sigla PDCA vem do acr√īnimo em ingl√™s ‚ÄúPlan (Planejar), Do (Fazer), Check (Checar), Act (Agir)‚ÄĚ. Voc√™ pode conhec√™-lo tamb√©m como “ciclo de melhoria cont√≠nua”. Ou “ciclo de Deming”, em homenagem ao autor da metodologia, Edwards Deming. Quer entender melhor sobre o termo e como usar o PDCA no processo seletivo de profissionais de TI? Ent√£o siga a leitura.

 

O que é o PDCA

Trata-se de uma ferramenta completa, mundialmente conhecida, para realizar melhorias contínuas nos processos organizacionais. E também, ajudar na execução do planejamento estratégico de forma eficiente nas empresas.

O ciclo PDCA tem como objetivo auxiliar a execução de uma estratégia. Por isso, é essencial que esta seja previamente desenvolvida. Para esse fim, é importante que você tenha uma equipe preparada e consciente.

Inicialmente, o ciclo foi desenvolvido para ser aplicado na administração da qualidade da gestão. Mas seu uso foi aprimorado. Durante seus mais de 90 anos de existência, foi adaptado para ser utilizado em qualquer tipo de empresa. Independentemente do seu tamanho ou área de atuação.

 

Como aplicar o ciclo PDCA dentro da empresa

A aplicação se dá em basicamente 4 etapas:

  1. Planejar;
  2. Fazer;
  3. Verificar;
  4. Agir.

Esses s√£o os 4 passos do ciclo, que normalmente come√ßa pelo planejamento. Mas vale ressaltar que existe a possibilidade de utilizar varia√ß√Ķes, dependendo do tipo de objetivo procurado pela empresa.

O ciclo é um diagrama de fluxo. Ele trabalha seguindo um conceito simples de planejar as mudanças (P). Colocá-las em prática (D). Checar se elas tiveram o efeito desejado (C). E, em caso positivo, institucionalizá-las (A). Ao perceber problemas em alguma dessas etapas, o ciclo PDCA também auxilia na identificação dos fatores que impediram o objetivo de ser alcançado.

Ao concluir o √ļltimo est√°gio √© hora de retornar ao primeiro e repetir o m√©todo. Da√≠ vem o conceito de ciclo.¬†

PDCA no processo seletivo de profissionais de TI

Aplicando esse m√©todo de forma preventiva e cont√≠nua, a identifica√ß√£o de poss√≠veis melhorias nos processos se torna uma rotina. O que evita a tomada de decis√Ķes precipitadas que possam levar aos desperd√≠cios de recursos. Bem como ajuda a priorizar a medi√ß√£o de dados e resultados essenciais para o bom gerenciamento.

 

Como o RH pode usar o PDCA no processo seletivo de profissionais de TI

Ter o processo desenhado é o primeiro passo para que a contratação seja eficiente. Conhecendo o processo é possível verificar as atividades necessárias. Bem como tempo médio para execução e prazos. E assim, identificar os gaps para melhoria. 

Voc√™ pode aplicar o modelo PDCA para a gest√£o de remunera√ß√£o. Melhoria cont√≠nua e acompanhamento por meio de indicadores podem revelar boas solu√ß√Ķes. O principal foco √© aumentar a agilidade dos processos que envolvem a gest√£o.¬†

A contrata√ß√£o de profissionais de TI est√° cada vez mais acirrada. Sabemos que o mercado absorve rapidamente os perfis qualificados. Por isso o PDCA se torna imprescind√≠vel. Pois ele chega com o objetivo de garantir que um longo per√≠odo de contrata√ß√£o n√£o seja perdido com o aumento do turnover. Afinal, prop√Ķe excelentes resultados tendo em vista suas solu√ß√Ķes √°geis e certeiras.

O que é possível identificar ao aplicar o PDCA no processo seletivo de profissionais de TI?

Ao aplicar o PDCA no RH √© poss√≠vel identificar, por exemplo, os momentos em que o tempo de trabalho √© desperdi√ßado. E, com isso, conseguir solu√ß√Ķes para que ele se torne produtivo e otimizado. Al√©m disso, trata-se de uma metodologia que instiga a valoriza√ß√£o dos colaboradores. O que acaba atraindo a aten√ß√£o dos seus talentos e de novos.¬†

Para que os benefícios do PDCA apareçam, é indispensável que os colaboradores envolvidos no processo tenham cuidados ao formar a equipe responsável por aplicá-lo. Para isso, é importante que os treinamentos sejam adequados e de domínio de todos. Assim, você terá etapas bem-sucedidas.

Por fim, mas não menos importante, é essencial reforçar o fato de que a alta rotatividade de profissionais dentro da empresa afeta negativamente a marca. Isso dificulta a atração de bons profissionais e, consequentemente, a conquista de bons resultados.

Logo, você pode usar o ciclo PDCA no RH para explorar o EVP, a proposta de valor ao colaborador. Alguns exemplos são a criação de um programa de incentivo e valorização de carreira. Criando ou melhorando a cultura da empresa a fim de evitar esse tipo de perda.

Faz sentido implementar essa metodologia na sua empresa? Esperamos que o artigo tenha ajudado a entender melhor o conceito. Mas, também, dado incentivo para os primeiros passos de implementação.

 

E se estiver precisando de ajuda para resolver suas oportunidades de tecnologia, conte com a Vulpi. Com o FAST, você recebe os melhores perfis para a sua demanda em até 7 dias. Clique aqui para conhecer o FAST e entender como ele funciona.


Laura da Vulpi ūüíú

Ol√°, sou publicit√°ria, com especialidade em marketing de relacionamento e Inbound Marketing. Sou apaixonada pelo universo da tecnologia e hoje ajudo a conectar empresas com profissionais de TI. Transforming careers through Education and Technology ūüíú

0 coment√°rio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *