As falhas em um processo de recrutamento e seleção muitas vezes custam muito caro para uma empresa. Elas resultam na contratação de um profissional que não se enquadra perfeitamente na vaga, causando um rápido turnover, e consequentemente despesas com pessoal e um novo processo. Por isso o recrutador deve adotar técnicas para organizar seu processo seletivo.

Existem no mercado várias ferramentas e plataformas que auxiliam o profissional de RH nessa organização, e algumas técnicas que tornam esse processo mais efetivo e assertivo.

Vamos abordar aqui algumas dessas plataformas e metodologias que auxiliam no acompanhamento e organização do processo:

1- Monte um cronograma de suas atividades

Um processo de seleção tradicional envolve várias etapas, e muito tempo de dedicação do gestor de pessoas, ter definido as datas e prazos é com certeza muito importante para não estender o processo e estar alinhado com o restante da equipe, preenchendo a vaga o mais rápido e eficientemente possível.

2- Defina métricas e indicadores para o processo

As métricas são muito importantes, pois elas definem o que está acontecendo de bom e o que tem que ser melhorado no processo, por isso quem está o comandando deve sempre escolher aquelas que fazem mais sentido para a organização.

É importante mensurar por exemplo: O número de candidatos por vaga, o CAC (custo de aquisição de candidato), dentre outras.

3- Adote softwares de RH em seu processo seletivo

Um importante aliado na organização dos processos pode ser um software de RH, esse tipo de plataforma muitas vezes permite uma modernização nos processos organizacionais que são benéficas ao processo seletivo.

Um bom software de gestão permite que vagas sejam monitoradas e candidatos avaliados, tendo um perfil técnico já traçado antes mesmo do primeiro contato presencial da empresa com o pleiteante à vaga.

RECEBA GRÁTIS - GUIA COMPLETO

4- Tenha uma gestão visual

Uma gestão visual, ou seja ter o andamento da seleção de fácil acesso e fácil visão a todos pode ser um trunfo para o recrutador. Esse tipo de metodologia permite que várias pessoas do departamento de RH tenham consciência do que está acontecendo e possam ajudar e dar insights que ainda não foram percebidos pelo profissional que está conduzindo o processo. Além disso permite que outras áreas e diretoria consigam acompanhar e participar mais ativamente da seleção de novos colaboradores.

5- Tem alguma dificuldade? Peça ajuda a uma referência

Muitas vezes alguns desafios e dificuldades podem ser encontrados durante o processo de recrutamento, isso traz um impedimento a ser resolvido. Tendo em vista que uma das melhores maneiras de obter informações é indo direto na fonte, uma boa opção é pedir ajuda a referências do mercado, que já tem mais experiência e passaram por mais situações de adversidade.

Essa pessoa pode ser tanto um colega de trabalho com mais tempo de carreira, ou uma pessoa que é referência nacional, esse contato por exemplo pode ser feito via Linkedin.

Seguindo essas dicas é possível realizar o recrutamento de uma maneira muito mais estratégica e otimizada, trazendo assim muitos benefícios tanto à empresa quanto à área específica de gestão de pessoas.

Quer saber mais sobre processo seletivo de novos colaboradores? Curta nossa página no Facebook e não perca nossos conteúdos!


Daniel Martins

Daniel Martins

Sou técnico em Administração formado pela Escola de Formação Gerencial do SEBRAE . Gosto de expandir meus conhecimentos e aprimorar minhas habilidades sempre. Tenho experiência no mercado de startups e sou apaixonado por marketing de conteúdo!

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *