Sua empresa prepara o orçamento de recrutamento e seleção?

Elaborar um orçamento de recrutamento e seleção pode parecer uma tarefa desafiadora, mas é de total importância para RHs bem organizados. Isso ajuda inclusive em tempos de crise.

Preparar-se para os próximos meses é muito importante para o desenvolvimento da sua empresa. Você pode obter informações-chave, como gastos totais da folha de pagamento, ou mesmo desenvolver seu projeto de Treinamento e Desenvolvimento baseado nas próximas contratações.

E mesmo que você não tenha começado na época certa, manter registros e previsões para futuras contratações pode fazer muita diferença ao longo do ano. Confira como!

Organização de um orçamento

Se a sua empresa não tem um orçamento destinado a recrutamento e seleção, já temos um sinal vermelho.

Sabemos que RH é um setor muitas vezes deixado de lado nas definições de orçamento. Ou pior, apenas confundido com custos de Departamento Pessoal.

Então você tem uma planilha com folha de pagamento, benefícios e férias. Pois é, não vai ser suficiente para tornar sua área estratégica e começamos a anos-luz de distância de um RH 4.0.

Na verdade, sua planilha de orçamento de RH precisa ter abas como:

  • Folha de pagamentos;
  • Programa de benefícios;
  • Promoções;
  • Comemorações;
  • Programa de T&D (Treinamento e Desenvolvimento);
  • Reserva de caixa;
  • e finalmente, Custos de Recrutamento e Seleção;

Não se preocupe. Muitas dessas informações conseguem ser compiladas de forma colaborativa.

Por exemplo, ao perguntar para os líderes como estão os colaboradores em termos de performance, vocês conseguem construir coletivamente um programa de Treinamento e Desenvolvimento e entender quem merece ser promovido, ou mesmo desligado.

A folha de pagamento e programa de benefícios podem surgir da contabilidade, ou até mesmo das parcerias com cartões. É importante não esquecer dos sindicatos.

O mesmo serve para a reserva de caixa. Faça parcerias com o setor de compras e contabilidade e projete um aumento razoável nos custos.

Comemorações? Chegou a hora de fazer um calendário de employer branding, considerando datas festivas, aniversários e até mesmo a SIPAT (Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho).

Já com Recrutamento e Seleção, o cálculo é um pouco mais aprofundado.

Orçamento de recrutamento

Uma avaliação profunda em suas ações de recrutamento do último ano é um primeiro passo essencial para determinar as estratégias futuras.

Veja quantas novas contratações foram realizadas e quais canais foram mais úteis para atraí-las. Por exemplo, mídias sociais, anúncios em sites como LinkedIn e portais de emprego, indicações de funcionários, bem como quais cargos foram ocupados.

Analise quantas dessas pessoas ainda são mantidas na empresa, quantas saíram ou foram demitidas e, finalmente, quantas foram promovidos ou receberam responsabilidades adicionais.

É bom listar todas as novas iniciativas que serão trabalhadas no ano seguinte, tudo para ter um orçamento o mais preciso e detalhado possível.

Outra ideia para te ajudar é definir a estratégia de crescimento e desenvolvimento de cargos, se será por contratação ou por performance.

Isso definirá os gastos em contratação e/ou em treinamento. Defina os custos para cursos de especialização e treinamento de pessoal. Além de calcular também o custo por contratação, que é uma importante métrica na área de RH.

Custo de contratação (Cost per hire – CPH):

CPH = (Custos de recrutamento interno + Custos de recrutamento externo) / Número total de contratações.

Orçamento baseado em dados

É muito interessante o RH se basear em dados, conseguir identificar as dores da empresa, descrever as ideias iniciais alinhadas com os objetivos macro e medir tudo isso ao longo do processo.

O People Analytics é uma metodologia que pode te auxiliar. É um processo de coleta, organização e análise de dados com o objetivo de compreender o comportamento dos colaboradores.

A análise desses dados permite descobrir o que torna esses funcionários mais motivados e produtivos dentro do ambiente de trabalho. Tudo para elevar a satisfação e o engajamento com a empresa.

Então, junto com essa análise de comportamento e dados, faça sua pesquisa e mostre suas despesas para o próximo ano. Essas informações farão uma enorme diferença para conquistar seus objetivos e contratar os melhores talentos.

Um dos fatores que vai ajudar a convencer as lideranças sobre os valores para contratação provavelmente será demonstrar o valor final que as novas posições acrescentarão à receita corporativa ou ao desempenho no trabalho dos funcionários.

Tente calcular um aumento percentual de receita para cada novo funcionário e mostre, com números, como isso afetará os lucros.

A elaboração do seu orçamento de recrutamento exige que se calcule o número de vagas de emprego por ano. Divida isso por trimestre para ver que o quanto do seu orçamento precisa ser gasto.

Além disso, é importante calcular o valor do COV – Cost of Vacancy, que indica o custo de vagas abertas. Assim, é possível planejar quanto tempo e quanto dinheiro é viável investir naquela vaga para que ela seja fechada o mais rápido possível.

Planejamento analítico

Demissão e promoções são dois fatores que interferem bastante nos orçamentos de qualquer empresa. É importante pensar com cuidado sobre as duas situações. Existem estratégias que funcionam bem no mercado de trabalho e podem ser úteis para você.

Importante também analisarmos os desligamentos voluntários, onde verificamos as razões para tentar diminuir a quantidade no ano seguinte.

Existe também a ideia de mapeamento de quantos funcionários estão ou não adequados ao cargo. Quanto mais longe maior a chance de não performar, performar abaixo do esperado ou de gerar insatisfação no colaborador. O resultado dessa análise dá uma boa ideia para futuras ações e para o planejamento orçamentário.

Canais de divulgação

Além das redes sociais para divulgar suas vagas, você pode utilizar os portais de vagas, alguns gratuitos e outros que são pagos. Lembrando que os portais pagos geralmente são mais completos e eficientes.

De acordo com sua análise e planejamento, defina que tipo de divulgação e investimento serão necessários e que caibam no seu orçamento.

Uma boa opção é utilizar e-mail marketing para divulgar e alcançar mais pessoas. Outra forma é buscar fazer parcerias com faculdades, universidades e outras instituições de ensino.

Após ter todo o planejamento bem definido você pode utilizar as redes sociais na hora da divulgação das suas vagas, como por exemplo:

  • Grupos de emprego no WhatsApp;
  • Grupos de emprego do Facebook;
  • Twitter e Instagram sem valor para patrocínio;
  • LinkedIn da empresa.

Para obter os melhores resultados é necessário avaliar quais redes são as melhores opções para sua empresa e planejar ações para divulgação. Busque saber onde o seu público alvo é mais frequente.

Orçamento de recrutamento e objetivos

Analise o histórico, sempre que for possível e faça as projeções baseado no que é necessário ter de recursos para atingir a meta estipulada. E por fim, faça benchmark, busque a experiência de quem já precisou executar essa missão.

Lembre-se que será necessário medir:

  • Custos com divulgação das vagas;
  • Custos com página de carreira;
  • Esforços de employer branding;
  • Despesas com assessment: testes técnicos, de personalidade, lógica etc;
  • Salário dos recrutadores internos e suas despesas corporativas;
  • Investimento em consultorias e empresas especializadas em recrutamento;

Tenha claro os objetivos do setor, metas e também os impedimentos. Converse com as diferentes áreas e antecipe seus gastos. É sempre importante estar preparado para imprevistos e até mesmo momentos de crise. Um orçamento de recrutamento e seleção bem planejado pode te ajudar nisso.


Megan

Megan

Conheça a Vulpi! Temos o propósito de tornar mais simples e eficaz o processo de recrutamento e seleção de desenvolvedores de software.

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *