O mercado de trabalho, definitivamente, tem se tornado cada vez mais competitivo. Mas engana-se quem acredita que essa competitividade é apenas por parte dos profissionais. Está cada vez mais comum a busca acirrada entre empresas por pessoas capacitadas. E quando essa contratação acontece, vários fatores são considerados pelo candidato. Então,você sabe o que é EVP? É o chamado Employee value proposition (EVP), “proposta de valor ao colaborador”. Vamos te explicar melhor a respeito.

Mas, afinal, o que é EVP? 

Trata-se de um conjunto de benefícios oferecidos pela empresa para atrair profissionais à sua organização. Entre essas vantagens estão a remuneração, claro. Mas também o plano de carreira, o ambiente de trabalho, entre outros.

Essas medidas têm por objetivo oferecer vantagens competitivas aos colaboradores. Tanto para atrair os melhores profissionais, quanto para reter aqueles que já fazem parte do time. Definitivamente, a empresa precisa observar constantemente essas vantagens. E, também, se perguntar: o que faz um candidato optar pela sua empresa? O que leva esse colaborador a não ir embora?

As pessoas estão sempre avaliando o quanto a organização é valiosa para elas. E, claro, atentas à concorrência. E o quanto vale a pena se manter onde estão ao invés de buscar outra companhia.

 

Retenção e atração de talentos: entenda como a EVP pode contribuir nesses pontos

Antes mesmo de detalhar as ações que de fato colocam o EVP como um diferencial dentro das organizações, é preciso entender que o  Employee Value Proposition está diretamente ligado ao RH. A equipe de gestão de pessoas precisa colocar os colaboradores como público que agrega ao negócio. Ou seja, eles entregam o seu melhor para a organização e esperam retornos para contribuição que realizam.

Portanto, àquelas organizações que se estruturam de forma a conceder benefícios para promover sua proposta de valor aos colaboradores, atuam diretamente na retenção dos talentos. Afinal, o profissional vai avaliar e considerar tudo o que a empresa oferece ao ser impactado pela concorrência. Estamos falando aqui da baixa no turnover

A atração de novos talentos e retenção dos que já fazem parte do time é quase uma consequência um do outro. Quem gosta de onde trabalha, faz indicações. Ou seja, atrai seus semelhantes. E naturalmente fazem carreiras duradouras dentro daquela organização. 

 

Conheça algumas atividades que tornam o EVP de uma empresa super valorizado:

 

  1. Oferecer plano de carreira;
  2. Propor benefícios além dos convencionais;
  3. Treinamentos e capacitações;
  4. Estimular um ambiente de trabalho sadio e diverso;
  5. Reconhecer o trabalho individual;
  6. Fortalecer a marca no mercado.

 

Para construir um EVP funcional e eficiente é preciso passar por algumas etapas. Primeiro é possível fazer o diagnóstico organizacional para entender o que é oferecido aos colaboradores, assim como suas forças e fraquezas. Em seguida é preciso analisar o perfil dos profissionais que deseja ter na organização. Neste ponto, o fit cultural é essencial.

Feito esses dois primeiros entendimentos? Então agora é hora de partir para a definição das recompensas contratuais, experienciais e emocionais que farão parte do Employee Value Proposition. O próximo passo é promover as mudanças de clima e cultura a partir da EVP definidas. Comunicar a proposta de valor. E, por fim, revisar periodicamente essa proposta de valor, que precisa ficar aberta a ajustes.

 

Benefícios para as empresas

Uma expressão define bem o maior benefício da EVP para qualquer organização: investimento no capital humano. Sabe o que acontece quando você engaja seu time e torna as pessoas parte essencial do processo? Acontece o fortalecimento da equipe e dos resultados da empresa. 

Na prática, Investir no employee value proposition beneficia a empresa nos seguintes aspectos: 

 

  • Favorece o  employer branding: trata-se de um conjunto de estratégias utilizado para que a empresa seja reconhecida como um ótimo local de trabalho entre profissionais do mercado.
  • Proporciona a retenção de talentos: ao identificar e reconhecer a proposta de valor da empresa os colaboradores se sentem bem no local de trabalho. Com isso a queda no turnover é visível. E facilita para a empresa manter os melhores talentos do mercado constituindo times de alta performance.
  • Eleva o engajamento dos colaboradores e reduz o turnover: ao oferecer benefícios que atendem às necessidades e iniciativas dos profissionais, a empresa passa a criar um ambiente de trabalho mais agradável e estimulante. Isso impacta diretamente na redução dos índices de turnover. Que acaba sendo um dos maiores vilões quando o assunto é Gestão de Pessoas.

O EVP tem deixado de ser um diferencial para se tornar uma necessidade básica dentro das organizações. Portanto, fique atenta e atento às tendências de mercado. Assim você manterá suas equipes motivadas e com alto nível de entregas.

E se tiver interesse em analisar os dados de motivadores individuais, gastos e gerar insights, baixe agora gratuitamente o nosso Dashboard de Turnover.

Dashboard turnover de funcionários


Laura da Vulpi 💜

Olá, sou publicitária, com especialidade em marketing de relacionamento e Inbound Marketing. Sou apaixonada pelo universo da tecnologia e hoje ajudo a conectar empresas com profissionais de TI. Transforming careers through Education and Technology 💜

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *