Milhares de brasileiros desejam saber como empreender, principalmente aqueles que perderam o emprego recentemente devido à crise que o país vem enfrentando.

Essa realidade tem aumentado significativamente o número de empreendedores por necessidade (aqueles que não tinham a intenção de montar um negócio, mas acabaram optando por essa alternativa na medida em que não conseguiram uma recolocação no mercado de trabalho).

Seja como for, o fato é que alguns estudos comprovam o aumento do desemprego, em contrapartida, outros deixam claro que também é crescente a taxa de empreendedores no Brasil.

Sabemos que o desemprego é um problema, e, como diversos outros, precisa ser resolvido urgentemente. Porém, em meio a esse cenário caótico, existe uma luz no fim do túnel: o empreendedorismo tem sido uma aposta certeira para grande parte das pessoas.

Nesse artigo você irá aprender como empreender, e também quais são as vantagens de apostar em um negócio nos dias atuais.

Por que apostar no empreendedorismo?

Você sabia que de acordo com a revista Exame, o empreendedorismo deve avançar bastante no Brasil em 2018?

O nosso país chegou a ficar em primeiro lugar como o que mais empreende dentro do BRICS, o bloco econômico formado por Brasil, Índia, Rússia, China e África do sul.

E ele sai na frente também de países da América Latina como Argentina e México.

Segundo especialistas, o motivo desse aumento é justamente a crise econômica, que levou milhares de brasileiros ao já mencionado empreendedorismo por necessidade.

RECEBA GRÁTIS - GUIA COMPLETO

Deseja verificar essas informações em forma de números? Então vamos lá!

No ano de 2017, das 26,2 milhões de empresas abertas há menos de três anos e meio, 11,1 milhões foram criadas por necessidade, sejam elas médias, pequenas ou micro.

Por outro lado, a pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM) identificou que a quantidade de negócios por oportunidade também cresceu e chegou a 57,4% em 2016.

Alguns especialistas acreditam que a reforma trabalhista e a lei da terceirização de postos de trabalho devem aumentar ainda mais a busca pelo empreendedorismo.

Portanto, enquanto a crise impacta negativamente o trabalho com carteira assinada, ela acaba abrindo portas para o empreendedorismo. E quanto mais empresas são abertas, mais oportunidades de trabalho surgem, e mais a economia do país evolui.

Então, esse cenário negativo de desemprego acaba criando algumas oportunidades interessantes.

Como empreender afinal?

Veja algumas dicas importantes sobre como empreender:

Organize a sua vida financeira

Organize a sua vida financeira considerando que você irá precisar de dinheiro para montar o seu negócio, e para se manter até que ele comece a lucrar. Faça um levantamento de quanto você tem, incluindo algum dinheiro que tenha guardado, a rescisão da empresa, o FGTS, entre outros valores.

Depois, entenda quanto vai precisar para colocar a sua empresa em funcionamento e quanto deve ter de capital de giro. E não se esqueça de guardar um dinheiro para arcar com as suas contas mensais enquanto o lucro da empresa não é o suficiente para pagar todas elas. Se for preciso, reduza algumas despesas por um tempo.

Mas não se esqueça de reservar um dinheiro para investir no seu negócio. Isso mesmo! Não basta receber o suficiente para pagar as suas despesas pessoais. É preciso colocar na conta as despesas e o investimento necessário para a sua empresa caminhar e crescer.

Aposte em um negócio que dê lucro

Um negócio precisa, necessariamente, resolver os problemas das pessoas. Caso contrário, ele não é um negócio e você não vai lucrar com ele. Então, opte por um produto ou serviço que facilite a vida do público e que leve mais praticidade para o dia a dia dele.

E não se esqueça de oferecer diferenciais com relação à concorrência. Às vezes é isso que falta para uma empresa atingir o sucesso.

Crie um negócio com estratégia

O ideal é não colocar muito dinheiro no seu negócio a princípio. Pense no transtorno que você teria se viesse a falir, e na quantidade de dívidas que você teria que assumir. (Isso vai acabaria tirando o seu sono, literalmente). A não ser que você tenha estudado muito a sua ideia, e tenha a certeza de que ela de fato vai dar certo.

Isso é mais comum em franquias, quando a marca oferece todas as orientações para o empreendedor, incluindo o ponto do negócio. As chances de falhas, obviamente, são bem menores nesses casos. Mas se você pretende montar algo mais em conta, como um e-commerce, cuide para não sair comprando um monte de mercadoria. Afinal, se não der certo, você vai perder muito dinheiro.

A dica é comprar apenas algumas peças e divulgar o seu negócio de forma estratégica para sentir se existe ou não adesão ao produto. Se tiver, ótimo! Compre mais peças e toque a sua empresa. Mas se não tiver, você terá tempo de mudar o foco sem se endividar.

Agora que você já sabe como empreender, aposte nessas dicas e garanta o sucesso do seu negócio.

Gostou desse conteúdo? Curta nossa página no Facebook e fique por dentro dos próximos posts!


Presleyson Lima

Presleyson Lima

Empreendedor, Empreendedor Serial, Palestrante, Smart Money, Colunista, Investidor Anjo, Mentor e Amante da Inovação.

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *