Talvez um dos momentos mais difíceis do trabalho de um gestor, seja dizer a um de seus colaboradores que ele não fará mais parte da equipe. A conversa pode ser dolorosa, com uma forte carga emocional (por afetar a carreira, autoestima e talvez até o sustento de uma pessoa) e por isso requer certos cuidados por parte do chefe. Então, como demitir um funcionário da melhor maneira possível?

O ato de despedir um colaborador não atinge somente a ele, mas a todos os outros que fazem parte de sua equipe, porque isso afeta de modo direto o dia a dia no trabalho: alterando a distribuição de algumas funções, e proporcionando alguns questionamentos entre os funcionários sobre o motivo da demissão do colega (o que pode gerar insegurança sobre o seu lugar na empresa).

Confira algumas dicas sobre como demitir um funcionário sem que as emoções tomem conta do momento:

Esteja certo sobre o motivo da demissão

Depois de informar o funcionário sobre a sua demissão, não há mais volta. Por isso é fundamental estar ciente sobre os motivos que o levaram a tomar essa decisão de demitir o colaborador (se vale a pena oferecê-lo uma nova oportunidade ou se existem outras alternativas).

Uma boa prática para evitar interferências emocionais, é anotar as suas justificativas: seja pela necessidade de fazer cortes no orçamento, insubordinação do funcionário ou incompatibilidade com a cultura da empresa. Isso o ajudará a estar seguro no momento da conversa.

Escolha o melhor dia e horário para comunicar a sua decisão

Ao marcar a reunião com o funcionário, tenha certeza de que a sua agenda está vazia e que ninguém irá incomodar vocês. Escolha uma sala mais distante onde vocês possam conversar com privacidade, para que não sejam incomodados.

De preferência, esteja acompanhado por um profissional do RH para que ela presencie a reunião e possa responder possíveis dúvidas do colaborador sobre os procedimentos de desligamento da empresa. Isso pode ser feito no começo ou no final do expediente, de acordo com a sua escolha. Esses detalhes podem parecer insignificantes, mas essas condições podem afetar o emocional do funcionário.  

RECEBA GRÁTIS O E-BOOK - RHTECH

Evite pedir desculpas

Se desculpar com o colaborador que está sendo despedido pode passar uma mensagem equivocada. Como por exemplo: criar dúvidas quanto à certeza da sua decisão, se ela está sendo justa, entre outras coisas.

Por essa razão, frases como “me desculpe” e “sinto muito” devem ser evitadas. Nessa ocasião, o melhor a se fazer é destacar os pontos positivos do colaborador a fim de levantar o seu ânimo, de maneira discreta (ou você acabará tendo que explicar novamente porque decidiu mandá-lo embora).

É válido desejar boa sorte e ressaltar que o funcionário tem competência para encontrar um novo emprego em breve. Isso pode ajudar com a autoestima dele.

Formalize a situação: envie um comunicado por escrito

Não existe uma “receita” sobre como demitir um funcionário da melhor maneira possível, porém, uma boa prática é (após comunicar a sua decisão pessoalmente ao funcionário) enviar um e-mail especificando os principais pontos mencionados na reunião e o que foi negociado com ele, garantindo assim que não haverá lacunas que permitam processos trabalhistas no futuro.

Essa tarefa pode ser auxiliada por alguém do departamento de RH, que terá em mãos documentos que suportem a decisão: como avaliações de desempenho e atas administrativas.

Quando você tem um negócio, ocasionalmente você terá que demitir as pessoas. E quem já passou por essa experiência, sabe que não é fácil. Mas essa ação é necessária quando o colaborador não se adapta à cultura da empresa, ou em momentos de cortes de custos. Além disso, são muito poucos os funcionários que trabalham a vida inteira em uma única empresa.

E se você dispensar o funcionário da “forma certa” pode preservar uma relação duradoura (mantendo o seu valor), mesmo que a relação funcionário/patrão tenha terminado. O segredo sobre como demitir um funcionário, é seguir os passos acima a fim de causar menos impactos emocionais (tanto para o gestor quanto para o colaborador), para que o negócio da sua empresa continue fluindo normalmente.

E você, já teve que demitir um colaborador? Como ocorreu essa experiência? Você tem alguma dica para dividir com a gente?

Siga a nossa página no Facebook e fique por dentro dos  próximos conteúdos.


Miriam Trindade

Estudante de Marketing, totalmente apaixonada por pessoas, aprendizado e por cultura pop. Busco transformar a vida das pessoas da maneira que eu puder. Acredito no poder da comunicação, planejamento, análise e do networking.

1 comentário

Ione · 12 de abril de 2019 às 15:01

Realmente se trata de um tema muito importante. Colaboradores devem ser sempre tratados com respeito em qualquer momento. Entendo que na demissão se deve agradecer ao colaborador pelos serviços prestados também. Isso ajuda muito no procedimento de desligamento e reduz a tensão de ambas as partes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *