Saber como dar feedback para os colaboradores é fundamental para que gestores e líderes possam ajudar sua equipe a se desenvolver, por essa razão, pode ser uma atividade difícil de se realizar.

Afinal, pode parecer uma ideia simples, mas dar um retorno aos funcionários sobre sua performance inclui tocar em pontos positivos e negativos que podem ser delicados para eles. Isso requer precisão e consistência, porque no fim das contas o objetivo é alinhar expectativas e fazer planos de melhoria a fim de trazer os melhores resultados para a equipe como um todo.

Essa conversa requer que o responsável tenha a habilidade de ser empático ao conversar com as pessoas para compreender o lado humano do funcionário, evitando ser tendencioso ou presunçoso.

Você acha que as reuniões de feedback não estão gerando o efeito esperado no seu time? Confira algumas dicas para melhorar esse processo:

1 – Mantenha uma frequência para dar o feedback

Para que o seu time esteja sempre dando o melhor de si, o feedback deve fazer parte da rotina da empresa. Estabelecer uma periodicidade para essa reunião é uma forma de motivar os funcionários (que irão se acostumar com isso e poderão anotar críticas e pontos a serem melhorados sobre o dia a dia da empresa para a conversa, além de perder a sensação de “estranhamento” que a princípio essa conversa pode trazer) e de você se preparar para o encontro.

Porém, se acontecer algo fora do comum, converse na hora. Não deixe para tratar do assunto muito depois do ocorrido, ou a reunião de feedback pode perder o seu propósito.

2 – Seja específico e objetivo

Para evitar que os colaboradores saiam de suas avaliações sem entender exatamente o que precisam melhorar ou o que estão fazendo de maneira correta, seja sempre objetivo e específico no feedback.

Foque no que realmente importa: fatos, exemplos, mudanças de comportamento e pontos de melhoria. Sem ocultar críticas e pontos negativos. Essa objetividade é eficaz para trabalhar o que precisa ser trabalhado e assim trazer os melhores resultados possíveis.

RECEBA GRÁTIS

3 – Tenha um roteiro para a conversa

Para que o feedback seja efetivo, ele deve ser bem estruturado. Uma boa prática é elaborar um roteiro antes da reunião. Além de ajudar o funcionário a compreender melhor os seus pontos de vista, esse roteiro também te prepara para o bate-papo e garante que nenhum fator importante seja esquecido.

Crie uma planilha que sirva de guia para esse tipo de reunião. Faça uma lista de tópicos que devem ser abordados, e escreva sobre como contestar eventuais objeções. Esse roteiro pode ser preenchido pelos gestores da equipe, e será uma ótima maneira de incentivar uma reflexão prévia.

4 – Saiba escutar

Depois de falar tudo o que precisa ser dito ao funcionário, abra um espaço para que ele se abra também, ou dê a ele alguns dias para pensar a respeito do bate-papo e, depois de absorver o feedback, marcar uma nova conversa. Dessa maneira ambos conseguem pensar em estratégias para melhorar os processos discutidos.

5 – Seja sempre sincero

Apontar falhas e pontos negativos de pessoas com quem nos relacionamos não é uma tarefa muito agradável, porém é preciso ser feito. Mas é claro que de uma maneira que não deixe o funcionário constrangido. Da mesma forma, reconhecer e fortalecer as qualidades de forma adequada fortalece a relação de trabalho.

Escolha as palavras certas e procure fazer críticas construtivas, evite brincadeiras e piadinhas internas para que o feedback não perca a sua função. Ao ser sincero com o colaborador, ele sentirá liberdade para ser sincero com você também: isso enriquece a reunião e faz com que ela seja mais efetiva.

Gostou do nosso conteúdo sobre como dar feedback para sua equipe? Então curta nossa página do Facebook para ficar por dentro de todos os nossos próximos posts.


Miriam Trindade

Estudante de Marketing, totalmente apaixonada por pessoas, aprendizado e por cultura pop. Busco transformar a vida das pessoas da maneira que eu puder. Acredito no poder da comunicação, planejamento, análise e do networking.

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *